Interjato Soluções

O parque de energia eólica offshore a ser construído no Ceará vai garantir o crescimento do estado no segmento de renováveis.

potencial de produção de energia eólica offshore no Brasil é de 11.000 gigawatts

O Ceará é considerado pioneiro no Brasil no processo de energias renováveis, o que tem atraído investimentos para a região. Foi assinado nesta quinta-feira (10), um memorando de entendimento pelo governo do estado com a fabricante chinesa de equipamentos de energia renovável Ming Yang Smart Energy Group Ltd para implementar um projeto de parque eólico offshore na costa cearense.

Camilo Santana, governador do Ceará, disse que o estado tem grande potencial para produzir energia elétrica a partir de fontes renováveis, em especial a eólica. O empreendimento de Ming Yang vai garantir o crescimento do estado no segmento de renováveis, gerar empregos e gerar renda para os cearenses, acrescentou o governador.

Ming Yang fabrica turbinas eólicas, produtos fotovoltaicos (PV) e soluções de energia inteligente e é considerada pioneira em inovação eólica offshore. Segundo o pesquisador de mercado Wood Mackenzie, a empresa ocupou a sexta posição no ranking mundial em instalações de turbinas em 2019.

Detalhes e mais informações sobre quantias ou datas para a execução do projeto de construção do complexo eólico offshore no Ceará não foram divulgadas pelas partes envolvidas.

Bons ventos no offshore brasileiro


O Brasil está ampliando os horizontes para projetos de geração de energia eólica offshore, principalmente no Nordeste do país, onde o potencial é maior cuja extensa costa e condições climáticas favoráveis ao vento.

Estudos mostram o potencial de produção de energia eólica offshore no Brasil é de 11.000 gigawatts, com 57% situados em nove estados da região nordeste, destacando-se Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte.

Projeto de construção de complexo de energia eólica offshore no Rio Grande do Norte mais próximo de ser concretizado
O projeto de construção de parque de energia eólica offshore no Rio Grande do Norte está cada vez mais perto de começar a ser executado! A BI Energia apresentou detalhes do escopo da proposta ao Governo do Estado, em encontro virtual realizado na última quinta-feira (03), e ficou estabelecido que haverá a assinatura do Memorando de Entendimento entre os interessados dentro de duas semanas.

Fonte: Click petróleo e gás