Interjato Soluções

Aeroportos testam sistema de reconhecimento facial para facilitar embarque

Uma tecnologia que ganhou utilidade na pandemia foi o reconhecimento facial. Além de garantir o distanciamento social, o uso dele traz mais segurança, tanto que o recurso é utilizado em aeroportos para facilitar o embarque.

2020, um ano vivido pelas telas

Em Salvador, a tecnologia passou a ser testado no aeroporto da cidade para facilitar o processo de check-in. Isso evita fila e aglomerações para embarque.

Além do aeroporto da capital baiana, o sistema também está sendo testado em Florianópolis, e a expectativa é de ampliar o projeto.

“Temos um planejamento para levar ao Rio e Belo Horizonte. Essa etapa vai até março, e, a partir do fim do processo, a gente vai colher os resultado para que possa ter uma expansão progressiva ao longo de 2021 para todos os aeroportos”, diz Lívia Embiruçu, gerente do serviço em Salvador.

Como funciona

O primeiro passo é fazer a validação biométrica do passageiro e, para isso, os dados e a foto tirada na hora são comparados a uma base que já consta nos sistemas do governo.

Qualquer pessoa que já tenha carteira de motorista em formato digital ou cadastro biométrico no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) podem embarcar desta forma.

Ao chegar no embarque, o passageiro que passou por esse processo tem acesso a uma fila separada. A partir daí, não é necessário apresentar documentos ou se dirigir a um funcionário. Basta apontar o cartão de embarque para o leitor, tirar a máscara por 1 segundo e olhar para o equipamento.

Em menos de 10 segundo a entrada para a aeronave é liberada, sem contato físico algum.

Fonte: G1

0 Comments