Interjato Soluções

Gramado passa a contar com mais 41 câmeras para o videomonitoramento.

Fonte: Jornal do comércio

Imagem divulgação: CARLOS BORGES/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Entraram em operação nesta quinta-feira, em Gramado, 35 novas câmeras de videomonitoramento e mais seis câmeras LPR (Leitor de Placas Veiculares), ampliando a área de cobertura do sistema de videomonitoramento da cidade. Estes equipamentos estão distribuídos em 11 novos pontos, somando-se aos 13 já existentes. Também foram adquiridos e instalados os respectivos softwares licenciados com especificações técnicas de forma a permitir a continuidade da operação das câmeras já existentes.

As melhorias implementadas visam propiciar também a operacionalização do espelhamento das imagens para a Delegacia de Polícia Civil de Gramado, e habilitação para espelhamento ao Departamento de Comando e Controle Integrado da secretaria de Segurança Pública, em Porto Alegre.

Os aparelhos também são compatíveis para recepcionar software de leitor facial e vídeoanálise. Este novo sistema dispõe, ainda, de um software cuja tecnologia possibilitará a comunicação das câmeras antigas com as novas. Entre as mudanças também está a compatibilidade de interligação das seis câmeras LPR com o sistema Alerta Brasil, da Polícia Rodoviária Federal, que permitem acesso ao banco de dados veiculares daquela instituição.

A cidade já dispunha de 13 câmeras de monitoramento que permanecem em atividade. Deste modo, Gramado terá um total de 48 câmeras de videomonitoramento em 24 pontos, distribuídos nas principais vias urbanas e rurais do Município de Gramado. A central de controle permanece na Brigada Militar em Gramado, operado por policiais militares.

O prefeito de Gramado, João Alfredo “Fedoca” Bertolucc,i disse que o novo sistema contribui para a ‘hospitalidade e segurança dos moradores e visitantes’. O comandante do 1º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas da Brigada Militar (BPAT), major André Lima da Silva elogiou a nova estrutura adquirida pela Prefeitura de Gramado que agrega mais ferramentas para os serviços de segurança pública. Para a ampliação do sistema foram investidos R$ 521,8 mil.

0 Comments