ISI-ER e Interjato Soluções discutem possibilidades de projetos no setor de energias renováveis

Fonte: Fiern.org

Reunião conduzida pelo diretor do ISI-ER e do CTGAS-ER, Rodrigo Mello, contou com participação dos principais gestores da Interjato Soluções

Executivos da Interjato Soluções estiveram, nesta segunda-feira (02), no Hub de Inovação e Tecnologias (HIT) do SENAI-RN, para discutir possibilidades de projetos ligados ao setor de energias renováveis e potenciais caminhos de expansão da companhia na área. 

A reunião foi conduzida pelo diretor do Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER) e do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), Rodrigo Mello, e contou com a participação dos principais gestores da empresa – entre eles, o CEO, Erich Rodrigues.

“Atuamos desde 2009 no mercado de energias renováveis, na parte de transmissão de dados, levando rede de conectividade aos parques eólicos e às obras do setor”, disse Rodrigues. “Viemos hoje entendendo que o ISI e o CTGAS são fontes de pesquisa significativas e que podem ser inspiração na identificação de novas oportunidades para a empresa”, acrescentou, após o encontro, destacando “o que vem pela frente no offshore” e soluções para além da conectividade, que ajudem a suprir carências do setor, entre as potenciais oportunidades que enxerga no horizonte. 

Ecossistema de inovação

Na visão do executivo, “o ecossistema formado por institutos de pesquisa, de inovação, universidades e empresas locais, incluindo as de pequeno porte – como é o caso da Interjato – nessa grande indústria, pode fortalecer muito a economia local e o desenvolvimento de soluções inovadoras”.

“Notamos um avanço não só na velocidade do mercado de energia, mas também nas exigências de conectividade com cada vez mais qualidade para manter os sistemas em pleno funcionamento”, observou ainda Rodrigues. “Estamos saindo da visita bastante otimistas, surpresos com a grandiosidade dos projetos, com o impacto que os projetos podem ter nessa indústria, e também entendendo que existe uma política de inclusão, e estamos muito satisfeitos em ver isso acontecer por um ente tão significativo”, acrescentou. 

O diretor do ISI-ER e do CTGAS-ER, Rodrigo Mello, destacou a relevância da aproximação com a empresa, que é, nas palavras dele, “genuinamente potiguar e desde o princípio trabalha com tecnologia e inovação”.

“Naturalmente, trabalhamos aqui no centro com grandes companhias internacionais e precisamos nos aproximar também da empresa da terra que têm valores parecidos. A Interjato é um exemplo típico disso”, frisou Mello e complementou: “Para nós, que buscamos o assunto inovação, que buscamos otimizar o relacionamento com a sociedade local dentro do ecossistema de inovação do Rio Grande do Norte, receber a empresa e poder discutir caminhos da ampliação dela junto ao setor de energia e telecomunicações é muito importante”. 

Durante o encontro, Mello apresentou as principais linhas de atuação e projetos desenvolvidos pelo ISI-ER. Pedro Vilela, coordenador de Inteligência de Mercado do Sistema FIERN, ao qual o Instituto é ligado, acompanhou o grupo.

SOBRE O ISI-ER

O Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER) é a principal referência do SENAI no Brasil em Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PD&I) em energia eólica, solar e sustentabilidade. 

Tem exemplos de trabalhos no histórico que vão desde o desenvolvimento inédito de um microreator para mitigação de gases do efeito estufa, até medições realizadas pela primeira vez no país para atestar o potencial de geração de energia eólica offshore, no mar.

A instituição faz parte da maior rede privada de institutos de pesquisa, desenvolvimento e inovação criada no Brasil para atender as demandas da indústria, composta por 26 Institutos SENAI de Inovação. A Rede tem como foco a pesquisa aplicada, o emprego do conhecimento de forma prática no desenvolvimento de novos produtos e soluções customizadas para as empresas ou de ideias que geram oportunidades de negócios. Desde que foi criada, em 2013, mais de R$ 1,2 bilhão foram mobilizados em 1.332 projetos de PD&I. 

Veja na íntegra.

1 Comment

Comments are closed.

Posts recentes
Arquivos
Categorias