A tecnologia em prol do Produtor Rural

Monitoramento rural

O agronegócio mudou! Os avanços tecnológicos alcançaram o campo e deram uma cara nova para a agricultura e pecuária. Principalmente, quando se fala no quesito segurança. Uma ferramenta acabou trazendo um diferencial para a vida dos produtores e pecuaristas: o videomonitoramento rural é a mais nova aliada quando se trata de proteção.

Nos últimos  anos, as empresas agropecuárias familiares evoluíram, chegando a se tornar potencialmente valiosas do ponto de vista financeiro e de sua capacidade de produção. Isso acabou atraindo também a atenção de criminosos, que enxergam nos animais, insumos e maquinários, uma forma fácil de ganhar dinheiro rápido. 

Logo, foi necessário buscar soluções mais inovadoras para melhora da produtividade e segurança, tendo sempre um viés tecnológico caminhando em sintonia. A tecnologia e a inteligência artificial, inclusive, têm sido grandes aliadas do setor, trazendo novos modos de pensar sobre a proteção do perímetro rural.

Sentir-se seguro, estando longe ou perto. 

Através da tecnologia de análise inteligente de vídeo, o sistema de monitoramento rural informa qualquer eventualidade que ocorra dentro do perímetro de uma zona rural, desde a invasão de perímetros por pessoas não autorizadas, até queimadas que possam atingir a propriedade, roubo de animais e grilagem. O equipamento é preparado para operar em regime de 24 horas, sete dias na semana, durante todo o ano. 

Fazendeiros, agricultores e empresários  têm investido cada vez mais nesse tipo de tecnologia, buscando prevenir prejuízos patrimoniais e econômicos, além de aumentar sua segurança. Os sistemas incluem instalação de câmeras móveis e fixas de alta precisão, radares de proteção de perímetro, alarme de intrusão, sonorização IP de emergência e centrais de monitoramento. Inclusive, os equipamentos  permitem monitorar a área à distância e em tempo real.

O foco é notificar o produtor agropecuário sobre o que acontece dentro e fora da sua propriedade. As informações são enviadas para o usuário através de email e também podem ser acessadas pelo celular, desktop, tablets e, em caso de pane na internet, as mensagens podem chegar por mensagens de texto. 

O monitoramento rural ainda auxilia na prevenção de acidentes de trabalho. Esse modelo de segurança inteligente tem a capacidade de integrar todos os setores, atuando de forma colaborativa e em tempo real. Isso ajuda na antecipação e resolução de conflitos.

De acordo com pesquisa do Boston Consulting Group (BCG), 45% dos agricultores brasileiros planeja investir em alguma forma de automação depois que a pandemia passar, usando inteligência artificial para detectar anomalias em processos e também ativar os protocolos de segurança. 

A tecnologia está se tornando cada vez mais presente na vida do homem, seja no campo ou na cidade. Isso ajuda no desenvolvimento de novas ferramentas, entre elas, as voltadas para proteção e segurança. 

Utilizá-la como forma de expansão de negócios é o pulo do gato para ter melhores resultados. E no agro não seria diferente. Afinal de contas, já diz o jargão da famosa emissora de TV, “agro é tech, agro é pop, agro é tudo”. No agronegócio, quem tem a informação certa colhe os melhores resultados.

0 Comments