Brasil já tem 36 pedidos de licenças para parques eólicos no mar

Após o Decreto nº 10.946/2022, que dispõe sobre a cessão de uso e o aproveitamento dos recursos naturais para geração de energia a partir de empreendimentos offshore, o Ibama já recebeu 36 pedidos de licenciamento ambiental. Publicado em janeiro pelo Governo Federal, o decreto foi objeto de encontros e discussões entre o Ministério de Minas e Energia (MME) e ministérios envolvidos com o tema, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e organizações nacionais e internacionais. Até fevereiro, o Ibama já recebeu pedidos de autorização para a exploração em diversas áreas, nos estados de Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

A expectativa é que as primeiras áreas do país sejam autorizadas neste ano. No total, os novos pedidos somam 80 GW de energia. Para comparação, toda a capacidade instalada de geração de energia do país hoje soma 173 GW, de acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Desse total, 20 GW são de parques eólicos em terra.

Offshore pelo mundo

A Europa adotou a energia eólica em 2019 e não parou mais. Em julho do ano passado o país iniciou a construção do parque eólico offshore Hollandse Kust Zuid de 1,5 GW, na Holanda, que será o maior do mundo com subsídio zero! O Hollandse Kust Zuid está sendo construído pela Vattenfall em parceria com a BASF, com 140 aerogeradores de 11 MW do fabricante Siemens Gamesa e entrará em funcionamento em 2023. Segundo o portal espanhol Reve News, em 2020, dez novos parques eólicos offshore entraram em operação em cinco países da Europa. No ano passado, o Reino Unido foi responsável por quase metade da nova capacidade, com 1,7 GW. Na sequência, a Alemanha (1,1 GW), a Dinamarca (374 MW) e a Bélgica (370 MW). Já Portugal instalou 8 MW de energia eólica offshore flutuante.

Já nos EUA, até o final do ano passado, apenas um parque eólico marinho estava completamente operacional: o Block Island Wind Farm, concluído em 2016 no estado de Rhode Island e capaz de produzir 30 megawatts. No entanto, ainda no final de 2021, o governo do presidente Joe Biden anunciou um projeto para construir até sete parques eólicos no país até 2030. Biden pretende investir mais de 12 bilhões de dólares por ano nas costas do Atlântico e Pacífico.

Veja mais+



0 Comments

Posts recentes
Arquivos
Categorias