Interjato Soluções

Com DNA inovador, Curitiba chega aos 328 anos ainda mais smart

Curitiba carrega há muitas décadas a marca de cidade inteligente, referência nacional e internacional em setores como urbanismo e preservação ambiental. Antes mesmo do conceito de ´smart city´ entrar em voga nas políticas públicas, a cidade teve gestores pioneiros que implantaram um arrojado planejamento urbano, viário e ambiental.

Os marcos iniciais datam dos anos 1970, com a inauguração do primeiro calçadão exclusivo para pedestres do Brasil, em plena região central, na Rua XV de Novembro. E também com a linha de transporte coletivo em canaleta exclusiva, característica do BRT (sigla para Bus Rapid Transit), modelo que passou a ser exportado para o mundo. Isso sem falar dos parques e áreas verdes, que funcionam como reguladores de enchentes e previnem ocupações urbanas irregulares, enquanto também servem de refúgio para seus 2 milhões de habitantes, e milhares de turistas e entusiastas que vêm em busca de ideias e soluções urbanas.

Engana-se quem pensa que a cidade “parou no tempo” e deixou de inovar: nosso ecossistema de startups e de empresas de tecnologia e inovação, o Vale do Pinhão, vem crescendo em alcance e relevância desde sua criação, em 2017. Da mesma forma, o ambiente de negócios e projetos em cidades inteligentes foi potencializado, desde 2018, com a realização de eventos internacionais sediados na capital, como o Smart City Expo Curitiba, edição brasileira do maior evento de cidades inteligentes do mundo – que nós, do iCities, orgulhosamente realizamos com a chancela da Fira Barcelona.

Entre os próximos projetos de vulto para Curitiba, já em andamento, estão a nova linha do Inter 2, com uma frota de ônibus elétricos que irá percorrer a cidade de ponta a ponta, em uma infraestrutura viária aprimorada com equipamentos para o aumento da velocidade operacional e ampliação da capacidade do Ligeirinho Inter 2 e do Interbairros 2. Com 38 km de extensão, as duas linhas passam por 28 bairros e devem subir de 155 mil para 181 mil passageiros transportados diariamente, segundo estimativa da prefeitura.

E estamos testemunhando a implantação de uma parceria público privada (PPP) de iluminação pública inteligente, projeto de 23 anos que inaugura os conceitos de cidades inteligentes nos municípios brasileiros. Ele prevê a modernização integral para tecnologias mais avançadas, além de melhorias e conservação de 163 mil pontos de luz atuais da cidade e eventuais expansões.

Melhor capital para se viver e comunidade inteligente

Recentemente, Curitiba foi eleita a melhor capital do país para se viver, de acordo com o Índice Desafios da Gestão Municipal (IDGM), desde a primeira edição, em 2009, a capital paranaense galgou sete posições; no ano passado havia ficado em segundo lugar entre as capitais.

A capital paranaense também foi eleita uma das 21 comunidades mais inteligentes do mundo pela terceira vez, ranking realizado anualmente pelo Fórum de Comunidades Inteligentes (ICF) que avalia o crescimento econômico e o desenvolvimento social e cultural de cidades ao redor do mundo, a fim de ranquear os 21 ecossistemas mais inteligentes, promovendo a troca de experiências entre eles.

Fonte: Gazeta do Povo

0 Comments