Tecnologia as a Service e os seus benefícios para o mundo corporativo

“Era da complexidade”, “Era pós digital” ou “Era exponencial” são alguns dos termos que definem o boom de informações que o mundo vive nos últimos anos. E no meio de todas as mudanças, a tecnologia tem sido uma importante aliada. Inclusive, a transformação digital no âmbito empresarial teve um crescimento exponencial durante a pandemia, que criou a necessidade imediata de forças de trabalho virtuais e recursos de nuvem para apoiá-los em escala.

Esse tipo de armazenamento trouxe benefícios para o mundo corporativo, como é o caso da otimização de tempo e recursos. Também abriu as companhias para novas oportunidades, permitindo vender com mais agilidade e oferecer alta qualidade aos clientes. E tudo isso tem um motivo.

Você já ouviu falar em “Tecnologia as a Service”? 

Em primeiro lugar, ao traduzir para o português temos “ tecnologia como um serviço”. De forma geral, é um modelo de negócio que fornece serviços de computação na nuvem para outras empresas. 

E o seu funcionamento é mais simples ainda:  a empresa seleciona a tarefa que deseja e paga um valor por ela, como uma mensalidade, enquanto o fornecedor fica responsável pela estrutura necessária e o contratante recebe os dados para login. 

Esse modelo tem contribuído consideravelmente para a evolução das empresas brasileiras. A aquisição de Tecnologia as a Service (TaaS) possibilita às empresas contratar diversas soluções mediante locação, sem a necessidade de investir o capital de uma só vez. 

As três principais modalidades 

IaaS (Infraestrutura como Serviço):  quando sua infraestrutura de data center é acessada pela internet, consumida sob demanda e gerenciada por um provedor: armazenamento, rede e virtualização. A Amazon Web Services (AWS) e a Microsoft Azure são exemplos disso.

SaaS (Software como Serviço): quando o software pode ser acessado pela internet também por meio de um provedor. O fornecedor se responsabiliza por toda a estrutura necessária à disponibilização do sistema. Skype e Google Drive são exemplos de SaaS.

PaaS (Plataforma como Serviço): hospedagem e implementação de hardware e software para o desenvolvimento de aplicações na nuvem. São exemplos de recursos para aplicações via PaaS a inteligência artificial (IA), chatbots, blockchain e Internet das Coisas.

Benefícios

Independente dos modelos de “aaS”, suas vantagens são as mesmas como redução de custos, facilidade do acesso online, agilidade, praticidade e flexibilidade de uso. Além disso, contam com alta segurança, tecnologia de ponta a um preço acessível,  obedecendo exclusivamente à necessidade da empresa e otimizando processos. E ainda: podem ser rapidamente atualizadas, de acordo com o que há de mais inovador no mercado.

A prática da Technology as a Service é utilizada para descentralizar a necessidade das empresas de terem todas essas tecnologias e equipamentos que são necessários para o seu próprio negócio. A TaaS é importante não apenas pela questão financeira, já que os custos de desenvolvimento, uso e suporte são reduzidos, mas também porque ao segmentar as informações da sua empresa é mais fácil evitar um possível ataque ou roubo de dados.

A compra de produtos tecnológicos pela modalidade “as a service” é uma tendência mundial. Cada vez mais o mercado compreende que os clientes precisam se concentrar em suas atividades fim, e não em gerenciamento de T.I. ou de sistemas de telecomunicações. 

Não há dúvidas que esse sistema ganhará popularidade e força nos próximos anos, o que levará à diminuição progressiva dos custos, e, consequentemente, possibilitará a democratização do acesso.

0 Comments

Posts recentes
Arquivos
Categorias